Publicidade

Secretaria forma a turma do primeiro curso de policial penal

Agentes receberam mais de 570 horas de treinamento, maior carga horária aplicada em cursos de formação da pasta

28/10/2021 às 08h35
Por: Redação Fonte: Secom Estado do Rio de Janeiro
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Estado do Rio de Janeiro
Foto: Reprodução/Secom Estado do Rio de Janeiro

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) realizou nesta quarta-feira, dia 27, a formatura de 150 novos policiais penais, no Teatro Odylo Costa Filho, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), no Maracanã, Zona Norte carioca. Os novos servidores, cujas aulas começaram em julho, integram a turma do primeiro curso para o cargo de policial penal do Estado do Rio de Janeiro.

O secretário de estado de Administração Penitenciária, Fernando Veloso, exaltou o merecimento de todos os formandos.

- Hoje vivemos um momento histórico para a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro, com a formação da primeira turma de policiais penais. Esse é um momento de extremo orgulho para nós, que estamos recebendo os 150 novos policiais penais. Com o curso de maior duração na história da Seap, essa turma de policiais penais entra muito mais preparada no sistema - afirmou Veloso.

Presente na mesa solene, o servidor Cosme José Martins, conhecido como Mazinho, com 86 anos de idade e 68 anos de serviços prestados à Seap, finalizou a fala do secretário. Como forma de homenagem, ele foi convidado para ir ao púlpito, onde falou, emocionado, aos formandos e familiares.

- Salve a Polícia Penal do Estado do Rio de Janeiro!

A turma de novos policiais penais foi a primeira a passar pelo curso de armamento e manuseio durante a formação. Os alunos participaram de atividades físicas e aulas teóricas no Centro de Instrução Especializada (Ciesp), no Complexo de Gericinó, em Bangu, na Escola de Gestão Penitenciária (EGP), no Centro, e no Museu Penitenciário. Além de receberem instruções no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cfap), da Polícia Militar, e aula de encerramento na Cidade da Polícia, da Polícia Civil.

Após aulas, palestras, estudos de casos, visitas guiadas às unidades prisionais e instruções, os alunos foram submetidos à avaliação final. Com isso, alcançaram o total de 571 horas/aula, a maior carga horária até hoje computada no curso de formação da Seap. Vale salientar que os treinos foram realizados em turnos diurnos e noturnos retratando a realidade da função da Polícia Penal.

O curso de formação profissional para o cargo de policial penal foi criado de acordo com os editais dos certames de 2006 e 2012 e com as normas do regimento interno da Escola de Gestão Penitenciária, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Lenium - Criar site de notícias